F

Ministério da Economia avalia estender auxílio emergencial com valor reduzido até dezembro


O Ministério da Economia estuda a possibilidade de ampliar a concessão do auxílio emergencial até o final de 2020, por causa das incertezas derivadas da crise do novo coronavírus. No entanto, caso o benefício seja estendido até dezembro, o valor seria reduzido para R$ 200, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. Atualmente, o benefício concedido pelo governo é de R$ 600. 

A redução precisaria passar por aprovação no Congresso Nacional, uma vez que o governo federal só pode fazer a prorrogação por conta própria se mantiver o valor original - conforme ocorreu na primeira ampliação do programa. Até o momento o governo destinou R$ 254,4 bilhões para o auxílio emergencial, com despesa mensal de R$ 51,5 bilhões.

A ideia anda em paralelo com a criação de um novo programa social, o Renda Brasil, vista como alternativa para evitar uma nova prorrogação. 

Nesta segunda-feira (3), a Caixa Econômica Federal aprovou a inclusão de 805 mil novos beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600. Além dessas pessoas, outras 345 mil tiveram o cadastro validado para receber as parcelas 3 e 4 do auxílio. 

Confira o calendário de pagamento do auxílio emergencial:
O beneficiário receberá a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela, conforme a data em que teve o cadastro aprovado. Quem receberá no mês de agosto são os nascidos em:

abril - 21/jul (depósito), 8/ago (saque)
maio - 05/ago (depósito), 13/ago (saque)
junho - 07/ago (depósito), 22/ago (saque)
julho - 12/ago (depósito), 27/ago (saque)

Calendário Bolsa Família

Se você é beneficiário do Bolsa Família e teve direito ao auxílio, o saque seguirá o mesmo calendário de pagamentos do Programa Bolsa Família. Confira a data de pagamento de acordo com o final do NIS que está no seu cartão.

Nº 1 - 18/ago
Nº 2 - 19/ago
Nº 3 - 20/ago
Nº 4 - 21/ago
Nº 5 - 24/ago
Nº 6 - 25/ago
Nº 7 - 26/ago
Nº 8 - 27/ago
Nº 9 - 28/ago
Nº 0 - 31/ago

Fonte: Jornal do Comercio

Postar um comentário

0 Comentários